Wraps (ou rolos) de massa de arroz

Ontem o jantar não foi de todo de origem portuguesa: wraps (ou rolos, não sei qual o melhor termo a aplicar) de massa de arroz. Se a minha pesquisa não me falha (e corrijam-me se estiver errada) este é um prato originalmente vietnamita e que experimentei pela primeira vez numas férias que a amiga Sofia passou comigo e com a minha família no Algarve. Esta é uma óptima escolha para refeição no Verão por ser leve e fresca, mas ontem, e em pleno Inverno, repeti-a pela segunda vez.

Não é com frequência que encontro as folhas de arroz nos super e hipermercados que habitualmente frequento (talvez só nas semanas temáticas do Lidl), mas no final do ano passado tive oportunidade de passar no Jumbo de Setúbal (no, agora, Centro Comercial Allegro) e despendi de uns largos minutos na secção dos sabores do mundo e na secção dos alimentos avulso. Peço já desculpa pela publicidade, mas se há motivo que eu gosto de ir a este hipermercado, mesmo que vá muito raramente, são estas duas secções, pois “valem muito a pena” não só pelo preço, mas também pela variedade e, na secção a avulso, pela opção de poder levar apenas e especificamente a quantidade que necessito.

Mas voltando aos rolos. Estes são muito simples e rápidos de se fazer, e as combinações de recheio são variadíssimas. Ontem optei por recheá-los com carne grelhada e com os legumes que já tinha em casa e em relação aos molhos servi duas opções: molho de soja (diluído num pouco de água) e molho agridoce caseiro que adaptei de uma receita do jornal “Dica da Semana” (pois já a faço com as quantidades mais ou menos “a olho”).

Para os rolos:

Água q.b.
12 folhas de arroz
4 bifes de frango
1/2 lata de rebentos de feijão mungo
1 cenoura cortada em palitos
5 folhas de alface
1 tomate cortado em tiras

Num prato largo, e com alguma profundidade, coloquei a água para hidratar a folha de arroz. Ao ficar maleável, retirei a folha da água e pousei numa tábua, colocando a alface, a carne, a cenoura, os rebentos e o tomate (mais junto à parte de baixo).

Dobrei as laterais da folha para cima do recheio, depois a ponta de baixo e por fim, fui enrolando até ao topo.

Repeti todos estes passos para as restantes folhas e servi os vários rolos assim que terminei.

Para o molho agridoce:

1/2 chávena de polpa de tomate
2 colheres de chá de vinagre
2 colheres de chá de açúcar
1 pitada de sal

Coloquei tudo num tacho ao lume, mexendo sempre, e deixei ferver cerca de 30 segundos. Depois foi só esperar que arrefecesse e servi.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s