Adaptar receitas

Mais uma semana de ausência. Entre uma grande necessidade de descansar e uma enorme vontade de não fazer nada acabei por não ter grandes novidades para vos trazer.
Por isso, e para me redimir, este fim de semana tive que combater o “dark side” da força e lá tive que me mexer.

Quando o Alexandre se baptizou, a Filipa (mãe do pequeno) emprestou-me o livro “Cozinha para quem não tem tempo” da Mafalda Pinto Leite e ficou prometido que faria pelo menos uma das receitas.

Desde então já o tinha folheado por algumas ocasiões mas nunca encontrava o que me apetecia fazer ou comer no momento. No Domingo passado apeteceu-me qualquer coisa para lanchar que não fosse o habitual pão caseiro ou os cereais com leite, mas que desse também para reservar e comer nos pequenos almoços seguintes.

Acabei por fazer a receita de scones da página 201, com algumas alterações. Geralmente se adapto uma receita (o que acontece com alguma frequência) é porque os ingredientes necessários não são muito comuns lá por casa ou porque apenas precisava de uma inspiração para usar o que já existe na despensa, mas desta vez foi exactamente o contrário. Para não serem simplesmente scones, apeteceu-me dar-lhes um pequeno toque. E foi assim que os scones da página 201 passara a ser os scones com sementes de linhaça e baunilha:

3 chávenas de farinha (a receita original diz 2, mas a meio acabei por necessitar de um pouco mais)
6 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de manteiga
1 pitada de sal fino
1/2 colher de sopa de fermento (utilizei 1 saqueta de fermento de padeiro)
2 ovos
1/3 de chávena de natas
sementes de linhaça
extracto de baunilha (caseirinho que a Raquel e o Marco me ofereceram no Natal)

IMG_20140713_163709

Numa tigela misturei a farinha, o açúcar, o fermento, o sal, as sementes e depois a manteiga cortada em pedacinho pequenos. À parte bati os ovos com as natas e juntei à mistura da farinha, mexendo com um garfo até ficar quase numa bola. Nesta altura passei a massa da tigela para para a bancada (que já tinha polvilhado com farinha) a acabei amassá-la.

Estiquei a massa até ficar com uma forma meio cilíndrica, cortei em pedaços mais pequenos, fiz 2 golpes em cada pedaço e levei ao forno (pré-aquecido) num tabuleiro forrado com o papel vegetal (lavável e reutilizável) durante 15 a 20 minutos.

IMG_20140713_164812

Os golpes que fiz com a faca nada têm a ver com os tradicionais scones, mas facilitaram-me muito a tarefa de colocar manteiga enquanto ainda estavam quentes. Os que sobraram, congelei-os depois de arrefecerem todos os dias, enquanto preparo o café da manhã descongelo 2 ou 3 no microondas e parecem acabadinhos de sair do forno.

IMG_20140713_182024

Anúncios

2 thoughts on “Adaptar receitas

  1. Olha o extracto de baunilha 😀 Bom, então assim sendo, como participadores na produção desta receita, vamos ter de marcar uma prova de modo a avaliar a boa utilização do produto. Agendaremos na próxima fornada ok? 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s